IPHAN celebra Dia Nacional do Bibliotecário

No próximo dia 12 de março é comemorado o Dia Nacional do Bibliotecário, decretado em 1980, em homenagem a data do nascimento do bibliotecário, escritor e poeta, Manuel Bastos Tigre. O Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (IPHAN) conta com a contribuição desses profissionais que atuam em 11 bibliotecas em todo o país. Elas possuem um rico acervo na área do patrimônio cultural, com assuntos sobre arquitetura, arqueologia, folclore, história, literatura, museologia, além de temas ligados ao Patrimônio Cultural e Natura, à Paisagem Cultural e ao Turismo Cultural.

A sede do IPHAN em Brasília abriga a Biblioteca Aloísio Magalhães, criada em 1977, com 23 mil volumes, entre livros, periódicos e mídias. A bibliotecária Odilé Maria Moraz Viana revela que sente-se realizada ao promover o acesso à informação aos 300 usuários que atualmente visitam o local, no andar térreo do Edifício IPHAN, à SEPS 713/913, Bloco D, na Asa Sul. A  biblioteca é aberta aos visitantes das 9h às 18h para a consulta ao acervo. No entanto, o empréstimo do material é restrito aos servidores do IPHAN, Ministério da Cultura, Funarte, Ibram, Fundação Palmares e Fundação Biblioteca Nacional.

Além da Aloísio Magalhães, o IPHAN é responsável também pelos acervos de bibliotecas nos estados do Rio de Janeiro, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Almeida Cunha, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo. No blog Biblioteca Aloísio Magalhães é possível conhecer as Bibliotecas do IPHAN.

O que você pensa sobre isto ?