Prefeitura retoma as obras de reforma e restauração do Hotel Galileu, em Corumbá/MS

O prédio receberá o novo Centro de Atendimento ao Turista. foto: Alle Yunes

Um dos mais antigos e tradicionais patrimônios históricos de Corumbá está prestes a ser reintegrado ao conjunto arquitetônico da cidade. Situado nas esquinas da General Rondon com a Frei Mariano, o Hotel Galileu é tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, estava há dois anos com suas obras de reforma e restauração paralisadas e agora, graças a um trabalho intensivo da administração pública em parceria com o Ministério de Turismo, tem tudo para ser reinaugurado até o final deste ano.

Os projetos de restauração e reforma do Galileu foram iniciados em 2009, mas em 2010 foi anunciada uma reprogramação dessas obras, que desde então permaneciam paralisadas.

Segundo a diretora-presidente da Fundação de Patrimônio Histórico e Desenvolvimento Urbano (FUPHAN), Maria Clara Scardini, a primeira preocupação da administração municipal era a de não permitir que fosse expirado o prazo, de 26 de março de 2013, para a obtenção dos recursos (de R$ 511.555,85) oriundos do Ministério de Turismo para os projetos de manutenção e restauração do Hotel Galileu.

“Assim que assumimos a gestão, tratamos essa questão como uma prioridade, pois sabíamos que o prazo era curto. Graças a um trabalho intenso de articulação política do prefeito Paulo Duarte e da FUPHAN junto ao Ministério do Turismo, conseguimos manter a verba para a reforma e restauração do Hotel Galileu”, explicou.

Segundo Maria Clara, o trabalho agora é o de alinhar com a Caixa Econômica Federal as últimas pendências a fim de adiantar a liberação dos recursos e o inicio das obras. “Fizemos uma reunião na ultima sexta-feira e acertamos todos os pontos com a Caixa. Nossa estimativa é a de retomar as obras em 15 dias”, disse. “Queremos finalizar o ano com a obra pronta para ser reinaugurada”, acrescenta.

Assim que for reformado e restaurado, o prédio do Hotel Galileu acolherá, entre outras coisas, o novo Centro de Atendimento ao Turista.

Importância
A diretora-presidente da FUPHAN, fundação responsável pela gestão do contrato e da obra do Hotel Galileu, destaca a importância de um dos prédios mais antigos de Corumbá, de 1907. “O patrimônio histórico nada mais é do que a materialização da cultura local. Por isso é muito gratificante ver um patrimônio desses ser restaurado e revitalizado”, diz.

Além da riqueza arquitetônica, em estilo eclético, variando entre o neoclássico e o art-noveau, o prédio do antigo Hotel Galileu também traz consigo muitas histórias, como o fato de já ter hospedado presidentes, como Getúlio Vargas e Franklin Roosevelt (EUA). Foi também ali, de uma janela do Galileu, que o sanfoneiro Mário Zan compôs o sucesso nacional “Chalana”.

Hotel Internacional
O Hotel Galileu integra uma área construída de aproximadamente 1 mil metros quadrados, incluindo o anexo situado na rua Frei Mariano, que também foi um hotel (Hotel Internacional).

De acordo com diretora-presidente da FUPHAN, esse prédio também deve ser totalmente reformado e restaurado em breve. “O Hotel Internacional está entre os 17 projetos que a administração municipal encaminhou ao Ministério de Turismo para ser contemplado no PAC das Cidades Históricas”, acrescentou.

fonte: Correio de Corumbá

 

O que você pensa sobre isto ?