População de Ji-Paraná, segunda maior cidade de Rondônia, sai em defesa da sua catedral ameaçada de demolição

No dia 2 de junho de 2013, deve ser celebrada a última missa na Catedral São João Bosco, em Ji-Paraná. Depois disso, a igreja e a praça serão demolidas para dar lugar a uma nova catedral.

Um abaixo assinado está movimentando a cidade de Ji-Paraná, no Estado de Rondônia, noroeste do Brasil. O movimento é em defesa da Catedral São João Bosco, ameaçada de demolição para dar lugar a uma nova Catedral. Diz a petição ON-LINE:

Em defesa da Catedral São João Bosco e da Praça Central de Ji-Paraná

“No dia 2 de junho de 2013, deve ser celebrada a última missa na Catedral São João Bosco, em Ji-Paraná. Depois disso, a igreja e a praça serão demolidas para dar lugar a uma nova catedral. Respeitamos a demanda da comunidade católica em querer melhores instalações. Não concordamos que, para isso, seja sacrificado um patrimônio histórico e cultural do município. A questão ultrapassa os muros da Igreja e diz respeito a um bem coletivo: um espaço que traduz em sua arquitetura marcas da construção de nossa cidade, fundamental para a memória de um povo que ainda está em formação. A catedral e a praça são fruto das mãos e do suor de gente que veio pra cá no processo de ocupação recente de nosso estado. Se ele for destruído, o que restará para contar essa história? Queremos uma solução, construindo a nova Catedral em outro local, tombando a igreja atual e a praça como patrimônio histórico e cultural de nossa cidade. Vamos lá, Preserva, Ji-Paraná! Preserve a igreja matriz, suas histórias, seus batismos, seus casamentos, as memórias deste povo feliz!”

Veja também > Demolição de catedral causa polêmica em Ji-Paraná, RO

5 ideias sobre “População de Ji-Paraná, segunda maior cidade de Rondônia, sai em defesa da sua catedral ameaçada de demolição

  1. Pingback: Em Rondônia, MPF recomenda à Prefeitura de Ji-Paraná que faça estudo técnico sobre Catedral São João Bosco | Cadernos do Patrimônio.org

  2. É TERRIVEL O QUE SE FAZEM EM NOME DO PROGRESSO. PORQUE NÃO DEIXAR ESSA COMO ESTÁ, QUE TEM HISTORIAS DE MUITOS RONDONENSE E FAZ OUTRA EM OUTRO LUGAR

  3. JÁ NÃO CHEGA O MUSEU QUE NÃO SERVE PRA NADA, E ESSA PRAÇA DA IGREJA COM AQUELAS BARRACAS HORRÍVEIS.

  4. Pingback: Mobilização sendo divulgada!! | Preserva, Ji-Paraná!

  5. Não podem fazer isso, como fica a história de Ji-Paraná, todos nós temos uma história e parte da minha foi em Ji-Paraná, essa Igreja e a pracinha marcaram muito minha vida.

O que você pensa sobre isto ?