Paisagem Histórica Urbana é debatida por especialistas internacionais no Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro, Patrimônio Mundial, sediará o Encontro Internacional de Especialistas em Paisagem Histórica Urbana, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em parceria com o Centro do Patrimônio Mundial, e o apoio do Centro Lucio Costa (CLC). O encontro que acontecerá no Centro Cultural Paço Imperial, de 03 a 05 de setembro, ocorre em função da Decisão 36 COM 13.II do Comitê do Patrimônio Mundial (São Petersburgo, 2012). Os especialistas vão trabalhar visando à incorporação do enfoque metodológico da Paisagem Histórica Urbana nas Diretrizes Operacionais para a Aplicação da Convenção do Patrimônio Mundial, de 1972, da UNESCO.

Os principais objetivos da reunião são a identificação de formas de integrar a metodologia e o enfoque realizado pela Recomendação sobre a Paisagem Histórica Urbana, aprovada na Conferência Geral daquela organização em 2011, nas Diretrizes Operacionais e revisar textos relacionados. A reunião também contribuirá para uma melhor compreensão dessa Recomendação como um instrumento normativo da UNESCO e uma ferramenta para alcançar melhor integração da preservação do patrimônio cultural nas políticas de desenvolvimento. Os resultados do encontro serão apresentados ao Comitê do Patrimônio Mundial, durante a 38ª Sessão, em junho de 2014, em Doha, Catar.

Estarão presentes no Encontro Internacional de Especialistas em Paisagem Histórica Urbana dois representantes por região, indicados pela UNESCO, em consulta aos organismos multilaterais de representação regional dos Estados Parte que ratificaram a Convenção (Europa Ocidental e Estados Unidos da América; Europa do Leste; América Latina e Caribe; Ásia e Pacífico; África; e Estados Árabes), o Diretor do Centro do Patrimônio Mundial, cinco especialistas da UNESCO, um representante do ICOMOS e um do ICCROM. Participam também a direção do IPHAN, especialistas do Brasil e representantes dos órgãos de preservação dos países do MERCOSUL.

A realização desse encontro no Rio de Janeiro resulta do seu reconhecimento pelo Comitê do Patrimônio Mundial (São Petersburgo, 2012), como uma paisagem cultural de valor universal excepcional para a humanidade, e do que esse reconhecimento como Patrimônio Mundial implica no âmbito de sua gestão. Será um momento para o intercâmbio de informações e experiências entre os participantes que atuam no campo da gestão de sítios urbanos, na perspectiva da paisagem cultural.

Serviço:
Encontro Internacional de Especialistas em Paisagem Histórica Urbana

Data: de 03 a 05 de setembro de 2013
Local: Centro Cultural Paço Imperial
Praça XV de Novembro, 48 – Centro
Rio de Janeiro – RJ

Uma ideia sobre “Paisagem Histórica Urbana é debatida por especialistas internacionais no Rio de Janeiro

  1. Importante o tema que já fazia parte das minhas preocupações desde 2007. no site a seguir tem o texto original ainda dentro de um modelo acadêmico e apresentado no Arquivo Geral da Cidade do RJ: http://www0.rio.rj.gov.br/arquivo/pdf/quartas_no_arquivo/2008/palestra_%20phrygia.pdf
    texto original ” Patrimônio e Paisagem Cultural / Do jeito carioca às areias de Copacabana” – pesquisa apresentada durante estágio de pós-doutorado em Memória e Patrimônio [PPGMS/UNIRIO – 2007] buscando discutir as políticas públicas relacionando-as com a preservação das paisagens como patrimônio cultural.
    O texto foi reescrito e está publicado no livro “E o Patrimônio?” sob o título: ‘Desafios e perspectivas da paisagem cultural: das areias de Copacabana ao jeito carioca de ser”.

O que você pensa sobre isto ?