Casa do Patrimônio de João Pessoa/PB lança 3ª edição do seu jornal informativo

casa-jpO Jornal Casa do Patrimônio, desenvolvido pela Superientendência do Iphan na Paraíba, por meio da Casa do Patrimônio de João Pessoa, em parceria com o Departamento de Comunicação Social da UFPB, chega a sua terceira edição.

Neste número, o jornal apresenta matérias sobre o resgate de urnas funerárias na cidade de Pilões e a implantação de Museu de Arqueologia no local, sobre a riqueza cultural da cidade de Zabelê e sobre a história e referências culturais do bairro da Penha, em João Pessoa, com destaque para a romaria e o santuário à santa, que comemora 250 anos em 2013.

Completando a edição, o jornal traz matérias sobre as iniciativas paraibanas selecionadas no Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade nos anos de 2012 e 2013. A primeira delas é sobre o trabalho desenvolvido pela Associação dos Amigos de Areia, com envolvimento dos jovens locais na preservação e valorização do patrimônio histórico. A outra matéria é sobre o Museu do Patrimônio Vivo de João Pessoa, empreendido pelo Coletivo Jaraguá, que trabalha com jovens de diferentes bairros da cidade de João Pessoa, registrando as referências culturais locais, com foco nos mestres da cultura popular.

O Jornal Casa do Patrimônio é desenvolvido com a finalidade de disponibilizar informações culturais e aproximar a população da Paraíba cada vez mais com os patrimônios locais. O propósito do jornal é comunicar, ao público em geral, a dinâmica dos processos em torno do Patrimônio Cultural, e retratar diferentes pontos de vistas sobre processos educativos, dentro e fora de sala de aula, que envolvam a Educação Patrimonial. Assim, são produzidas matérias sobre a diversidade cultural; são descobertas histórias de vidas e divulgadas produções literárias e científicas que tratem da temática.

Para a produção do jornal, a Casa do Patrimônio de João Pessoa conta com a parceria da professora Jamile Paiva, do curso de Comunicação e Jornalismo da UFPB, que coordena o grupo de estudantes que produzem as matérias.

Leia aqui a edição completa

O que você pensa sobre isto ?