Casa Rux, em Jaraguá do Sul/SC , celebra centenário e ganha restauração

casa ruxSituada em uma região predominantemente rural, e parte da história da imigração germânica em Jaraguá do Sul, a Casa Rux completa 100 anos em 2015, e está ganhando do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) uma segunda restauração. A demanda foi feita pelos atuais proprietários, que têm interesse em abri-la para visitação e, com isso, complementar a renda da família.

A obra prevê a restauração completa da casa, construída em estrutura enxaimel com alvenarias de tijolos aparentes – incluindo a substituição de peças de madeira comprometidas por umidade e por cupins, como os caibros do telhado e alguns barrotes que sustentam o piso. A previsão é que a obra esteja concluída no mês de outubro, pronta para receber visitantes.

Construída em 1915 por Augusto Rux, bisavô do atual proprietário, Edivino Rux, a casa atual substituiu a primeira residência, de madeira, que permaneceu durante muitos anos ao lado da nova edificação, interligada a esta por uma espécie de passarela de madeira coberta por um singelo telhado de duas águas.

O conjunto é composto ainda por mais quatro ranchos de madeira, que dão apoio às atividades rurais (estrebaria, galinheiro, depósito da produção, materiais e ferramentas…).

Localizada no distrito de Rio da Luz, a Casa Rux faz parte dos Roteiros Nacionais da Imigração. O requinte técnico e dos detalhes da casa enxaimel, a volumetria e o esmero construtivo dos ranchos, a implantação do conjunto no lote e sua relação com a paisagem, proporcionam à propriedade um valor especial, e por isso o conjunto foi reconhecido como patrimônio cultural nacional pelo Iphan em 2007.

O que você pensa sobre isto ?