Amazonas vai debater o Inventário e Registro do Complexo Cultural dos Bois-Bumbás

foto : Wikipédia/João Guilherme

Nos próximos dias 7 e 8 de outubro, Itacoatiara e Maués (AM) vão receber reuniões de mobilização e difusão sobre o Inventário e Registro do Complexo Cultural dos Bois-Bumbás do Médio Amazonas e de Parintins. O evento é uma realização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O objetivo do encontro é a mobilização dos detentores de Bois-Bumbás no Amazonas, para compartilhar as informações da pesquisa do Inventário Nacional de Referências Culturais (INRC), que vem sendo realizado desde 2013.

As reuniões buscam a construção coletiva e participativa da política de valorização e salvaguarda desse bem cultural e, por isso, constitui uma etapa fundamental para o processo de Registro do Complexo Cultural dos Bois-Bumbás do Médio Amazonas e de Parintins (AM).

Vão participar da reunião, além de técnicos do IPHAN, mestres, grupos e brincantes dos Bois-Bumbás das cidades de Itacoatiara, Maués e comunidades adjacentes, e representantes das respectivas prefeituras desses municípios.

Serviço:
Inventário e Registro do Complexo Cultural dos Bois-Bumbás do Médio Amazonas e de Parintins (AM)

Data: 07 de outubro de 2014
Horário: 14h
Local: Centro de Educação Tecnológica do Amazonas – CETAM – Av. Mário André Azza, s/n, Itacoatiara (AM).

Data: 08 de outubro de 2014
Horário: 14h
Local: Museu do Homem de Maués – Rua Floriano Peixoto, s/n, Centro, Maués (AM).

Fonte: IPHAN-AM

Do G1 Amazonas : Doutoranda da PUC-RJ publica livro sobre Centro Histórico de Manaus

Maria Evany Nascimento contou com ajuda do fotógrafo Armando Cajueiro e orientação da professora Luciane Viana para finalizar projeto

Um projeto de pesquisa dos tempos da faculdade de Artes, na então Universidade do Amazonas, em 1997, se tornou um livro com 220 páginas e 137 imagens em preto e branco. Idealizada pela doutoranda em Design pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Maria Evany Nascimento, a obra “Monumentos Públicos do Centro Histórico de Manaus” foi revisada no ano passado e terá lançamento oficial neste sábado (30), em Manaus.

Fonte: G1/Amazonas

Saiu no G1: Implurb lista 10 projetos em Manaus para receber investimentos do PAC

Projetos preveem revitalização de áreas do centro da capital amazonense (Foto: Arquivo/ AVG/ TV Amazonas)

O Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) divulgou os 10 projetos pelos quais a cidade pode receber investimentos do Governo Federal através do Plano de Aceleração do Crescimento 2, conhecido com PAC Cidades Históricos. Áreas como a Praça da Matriz e do Relógio Municipal, ambas no centro da capital, serão algumas sugeridas para receber intervenções.

Os projetos são relativos a intervenções na Biblioteca Municipal, restauro do Relógio Municipal, revitalização do Museu do Homem do Norte, adaptação do prédio da antiga sede da Câmara Municipal em escola de arte, entorno da Praça XV de Novembro, restauração e revitalização do Hotel Cassina, praça Dom Pedro II, Praça Tenreiro Aranha e restauração do Pavilhão Universal, Praça Adalberto Vale e Praça dos Remédios.

Praça da Saudade deve passar por restauração (Foto: Tiago Melo/G1 AM)

As propostas foram entregues ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pelo diretor do Implurb, Roberto Moita, em reunião no dia 6 de março, em Brasília. Segundo a Prefeitura de Manaus, o adiantamento de detalhes relativos a projetos arquitetônicos, revitalização, restauro e requalificação urbana permitem que as obras possam começar já no segundo semestre de 2013.

De acordo com o Implurb, a proposta de revitalização da Praça da Matriz é a que está em fase mais adiantada. Ações de paisagismo, novo projeto do aquaviário, edificação da Praça XV de Novembro, novos mobiliários urbanos, iluminação pública e cênica, restauro do Relógio Municipal e reabertura do canteiro central estão entre os planos da gestão municipal para recuperar o local antes da Copa do Mundo de 2014.

O trabalho em cima das intervenções vem sendo realizado em conjunto com a Secretaria Extraordinária de Requalificação do Centro (Semex), Manauscult e Secretaria de Infraestrutura (Seminf). A Prefeitura ainda informou que, somente no Centro Histórico de Manaus, já foram mapeados 1.656 unidades de interesse de preservação de Primeiro e Segundo Graus, a Orla Portuária e 10 praças históricas.

Mudanças no Centro de Manaus devem iniciar já no segundo semestre de 2013 (Foto: Alex Pazuello/Agecom)

IPHAN conclui primeira etapa de pesquisas sobre os bois-bumbás do médio amazonas

A primeira fase de levantamento de informações para a produção de inventário sobre o complexo cultural dos bois-bumbás do Médio Amazonas foi concluída. Nesta primeira etapa, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Manaus (IPHAN-AM) contratou a empresa Memória Arquitetura para reunir informações de pesquisa dos seguintes municípios: Manaus, Itacoatiara, Itapiranga, Nova Olinda do Norte, Maués, Boa Vista do Ramos, Barreirinha e Parintins.

As atividades consistiram no levantamento de análises documentais e bibliográficas dos bois-bumbás, indicação dos bens vinculados às expressões culturais e identificação de sujeitos para a realização de entrevistas. Entre eles, os praticantes de artes e ofícios relacionados à representação amazônica do boi, como: artesãos de alegorias, levantadores de toadas, brincantes, costureiras, bordadeiras, etc. As pesquisas, levantamentos e documentação obedeceram à metodologia do Inventário Nacional de Referências Culturais – INRC.

O desenvolvimento do trabalho ocorrerá ao longo do ano, e a segunda etapa terá enfoque na produção de registros audiovisuais como fotografias, gravação de entrevistas, arquivamentos sonoros e iconografias. Até o momento, os municípios visados para essa documentação são os de Manaus, Parintins, Maués e Itacoatiara, tendo em vista que essa coleta pretende reunir informações para compor o dossiê, base para o registro do complexo dos bois-bumbás do Médio Amazonas.

Após o registro, essa manifestação artística e cultural será reconhecida como um bem imaterial registrado pelo IPHAN-AM, permitindo desse modo a promoção de ações de preservação e de salvaguarda a fim de garantir que o Poder Público e a população atuem para eternizar essa rica expressão para as atuais e futuras gerações.

O município de Parintins é o que concentra o maior número de informações a respeito de seus bois Garantido e Caprichoso, razão pela qual receberá uma maior abordagem no decorrer dos trabalhos. Ressalta-se que, segundo relatos dos organizadores do evento, os bois de Parintins completarão 100 anos em junho, quando irão promover o 46º Festival Folclórico realizado no município.

Paço Municipal será entregue no próximo domingo, em Manaus

Depois de seis anos em obras, o Paço Municipal será entregue à população no próximo domingo (30), às 10h. Antiga sede da Prefeitura de Manaus, o local terá sete espaços de exposições permanentes e itinerantes. As obras ainda incluem a recuperação do entorno do Paço, com as reformas do Coreto e Chafariz, ambos na Praça Dom Pedro II, no Centro da capital.

Em 133 anos de existência, está é a primeira vez que o local foi submetido a uma restauração. A obra foi realizada por meio de convênio com o Ministério da Cultura, no âmbito do programa Monumenta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN e teve um custo total de R$ 5,7 milhões, sendo a contrapartida da Prefeitura de R$ 3,7 milhões.

Durante a reabertura, o Salão Nobre do Paço Municipal abrigará o acervo fotográfico dos Prefeitos de Manaus. Já o Salão Permanente vai receber uma exposição sobre a História antiga e atual de Manaus, enquanto a Sala de Arqueologia exibe escavações e urnas funerárias encontradas na cidade, além de uma exposição dos fragmentos arqueológicos encontrados no Paço da Liberdade e seu entorno.

O Museu da Cidade irá abrigar exposições Nacionais e Internacionais, bem como as Exposições Regionais com o objetivo de valorizar os artistas amazonenses. O Departamento de Museologia e Pesquisa e o Departamento de Educação, bem como as salas de Oficinas e aulas de restauro serão implantados com o objetivo de difundir o conhecimento e fomentar o Museu da Cidade e outros museus de Manaus.

No âmbito do convênio com a Prefeitura de Manaus ainda faltam ser executados R$5,3 milhões, sendo de responsabilidade do IPHAN R$ 4 milhões e da Prefeitura R$1,3 milhões. Os recursos serão destinados as obras de restauração do Mercado Adolpho Lisboa e de dois imóveis na Rua Bernardo Ramos e da Praça IX de Novembro.

Serviço:
Reinauguração do Paço Municipal de Manaus
Data: 30 de dezembro de 2012, às 10h
Local: Praça Dom Pedro II, Centro – Manaus – AM