Igarassu/PE celebra 43 anos de tombamento

foto: Nelson Khron/reprodução facebook

foto: Nelson Khron/reprodução facebook

Canoa grande, esse é o significado do nome da cidade pernambucana Igarassu. Tida como um dos pontos mais importantes de ocupação portuguesa do litoral nordestino, hoje, a cidade celebra 43 de anos tombamento. Devido ao seu valioso conjunto arquitetônico, o reconhecimento realizado pelo IphanGovBr abarca também cerca de 250 edificações que mantém suas características originais dos séculos XVII e XVIII.

Leia sobre esta cidade brasileira caracterizada por seu traçado singelo e harmonioso: http://goo.gl/ja9t3o

fonte : Iphan

Oficina com Galhos de Árvores é realizada em Igarassu (PE)

Madeira é a matéria-prima principal de boa parte dos artesãos, escultores de peças sacras, brinquedos e personagens diversos, que se inspiram no cotidiano e no passado.

Muitos seguem tradições de família, outros optam por aderir a mestres que se destacaram passando seus ensinamentos. Mas todos têm algo em comum: o amor com que criam suas peças, o amor pelo que fazem e por sua região.

E como parte da programação da Festa de São Cosme e São Damião, padroeiros da cidade de Igarassu (PE), durante o mês de setembro, a Casa do Patrimônio de Iguarassu, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Pernambuco (IPHAN-PE), sediará a Oficina de Esculturas com Galhos de Árvores, ministrada pelo premiado mestre artesão José Abias.

A inscrição do evento que acontece de 09 a 11 deste mês pode ser feita junto a Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes do Município, promotora da Oficina.

Serviço:
Oficina de Esculturas com Galhos de Árvores
Período:
09 a 11 de setembro
Endereço: Sobrado do Imperador / Casa do Patrimônio de Igarassu, à Rua Barbosa Lima, nº 122, Sítio Histórico, Igarassu (PE).

Casa do Patrimônio de Igarassu (PE) tem palestras sobre o Meio Ambiente

O patrimônio natural – florestas, manguezais, matas ciliares, rios, os recursos naturais, a água.

O patrimônio cultural material – os espaços construídos e agenciados pelo homem, edifícios, casarios, ruas, praças, largos, os acervos arqueológicos, as artes arquitetônica e imaginária.

O patrimônio cultural imaterial – o saber e o fazer dos povos.

As paisagens culturais.

Todos esses elementos forma o Patrimônio Ambiental. Eles identificam um lugar e o jeito de ser e viver das pessoas que o habitam. Para falar sobre esse aspecto do Patrimônio Cultural o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional  em Pernambuco (IPHAN-PE), em parceria com a Prefeitura de Igarassu, promove a palestra Água e Meio Ambiente, na Casa do Patrimônio, no próximo dia 15 de maio, às 15h.

Na palestram, aberta à população, o professor Josenildo Tavares da Silva vai fazer uma ampla abordagem sobre o tema. A Casa do Patrimônio funciona no Sobrado do Imperador, à rua Barbosa Lima, nº 122, Sítio Histórico de Igarassu. Outras informações no Escritório Técnico do IPHAN em Igarassu pelo telefone (81) 3545- 0307.

Veja o convite [Aqui]