Oficina lança manual sobre reestrutura em áreas centrais de cidades históricas

O desenvolvimento dos espaços territoriais e sua infraestrutura nos municípios brasileiros é tema da oficina Implementação de Ações em Áreas Urbanas Centrais e Cidades Históricas – Desafios para a Reabilitação com Justiça Social, promovida pela Secretaria Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos (SNAPU) e pelo Programa Nacional de Capacitação das Cidades (PNCC) do Ministério das Cidades, em conjunto com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e com apoio da Caixa, no Auditório do Ministério das Cidades, nos dias 09 e 10 de outubro, a partir das 8h.

A oficina nacional proporcionou a realização de encontros regionais e destina-se a técnicos e gestores municipais, estaduais e federais; professores e estudantes universitários; sociedade civil organizada, membros de conselhos e profissionais ligados à temática da reabilitação urbana.

O IPHAN participa da Mesa Redonda Desafios Institucionais que vai explicitar os desafios institucionais enfrentados para a concretização de ações estruturantes de reabilitação, como o compartilhamento de responsabilidades, a integração setorial, a cooperação federativa e outros.

O tema também reforça a integração como diretriz essencial para o sucesso da implantação destas ações de gestão articulada e contínua do território  não só no aspecto arquitetônico,no intuito de mininizar problemas: terrenos e predios vazios e subutilizados em áreas urbanas centrais e cidades históricas.

Durante o evento, será lançado o Manual de Orientação para enfrentar alguns dos obstáculos para a materialização de processos estruturantes de reabilitação urbana. O catálogo de informações será distribuído pelo Ministério das Cidades e pelo IPHAN aos municípios que possuem conjuntos tombados nos centrais urbanos.

A publicação também vai ajudar a melhorar as condições para concretizar ações locais de reabilitação urbana e preservação do patrimônio cultural.

Confira [aqui] a programação completa.

Serviço:
Implementação de Ações em Áreas Urbanas Centrais e Cidades Históricas – Desafios para a Reabilitação com Justiça Social.
Data:
09 e 10 de outubro de 2013 a partir das 8h.
Local: Auditório do Ministério das Cidades – Setor de Autarquias Sul – SAUS, Quadra 01, Bloco H, Ed. Telemundi II – Brasília – DF

Abertas inscrições para a oficina sobre reabilitação em Cidades Históricas

O Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos (SNAPU) e do Programa Nacional de Capacitação das Cidades (PNCC), em conjunto com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e com apoio da CAIXA, realizam a oficina Implementação de Ações em Áreas Urbanas Centrais e Cidades Históricas – Desafios para a Reabilitação com Justiça Social. As atividades serão em Brasília, dias 09 e 10 de outubro, no auditório do subsolo da Secretaria Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos.

O objetivo da oficina é capacitar os participantes para a implementação de ações em áreas urbanas centrais e cidades históricas. Os trabalhos vão oferecer debates sobre temas estratégicos e buscar a proposição de alternativas para enfrentar alguns dos obstáculos aos processos de reabilitação em centros urbanos e cidades históricas. Confira a programaçao clicando [aqui].

O público-são gestores e técnicos federais, estaduais e municipais; professores e estudantes universitários; sociedade civil organizada e demais profissionais ligados à temática da reabilitação urbana. A inscrição é gratuita e pode ser feita, de 13 de setembro a 04 de outubro, no Portal Capacidades.

Oficina com Galhos de Árvores é realizada em Igarassu (PE)

Madeira é a matéria-prima principal de boa parte dos artesãos, escultores de peças sacras, brinquedos e personagens diversos, que se inspiram no cotidiano e no passado.

Muitos seguem tradições de família, outros optam por aderir a mestres que se destacaram passando seus ensinamentos. Mas todos têm algo em comum: o amor com que criam suas peças, o amor pelo que fazem e por sua região.

E como parte da programação da Festa de São Cosme e São Damião, padroeiros da cidade de Igarassu (PE), durante o mês de setembro, a Casa do Patrimônio de Iguarassu, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Pernambuco (IPHAN-PE), sediará a Oficina de Esculturas com Galhos de Árvores, ministrada pelo premiado mestre artesão José Abias.

A inscrição do evento que acontece de 09 a 11 deste mês pode ser feita junto a Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes do Município, promotora da Oficina.

Serviço:
Oficina de Esculturas com Galhos de Árvores
Período:
09 a 11 de setembro
Endereço: Sobrado do Imperador / Casa do Patrimônio de Igarassu, à Rua Barbosa Lima, nº 122, Sítio Histórico, Igarassu (PE).

Olinda tem mostra fotográfica de seu cotidiano histórico

Sem título-1A partir de 12 de setembro, o Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional em Pernambuco (IPHAN-PE) recebe a exposição Olinda Patrimônio Cotidiano.

A Mostra que estará disponível na Casa do Patrimônio de Iguarassu possui realização e curadoria do Instituto de Cooperação Econômica Internacional (ICEI –Brasil) e traz trabalhos de 11 fotógrafos que que registraram em suas lentes o povo, símbolos, ritos e crenças local. Como parte desta ação cultural, no período de 19 a 23 de agosto , foi realizada na Casa do Patrimônio do Município a oficina de fotografia artesanal com a participação de jovens moradores de Igarassu.

A oficina foi um trabalho de educacional e teve como intuito aproximar a comunidade do conceito de patrimônio cultural. Por meio da técnica da fotografia analógica, os alunos pesquisaram sobre o patrimônio material e imaterial de sua cidade, retratando o cotidiano e sua realidade histórica e cultural, comunicando e atualizando visões e interpretações sobre o patrimônio.

Programação
Sem título-1 - CopiaA gastronomia local também estará presente na abertura da exposição, que contará ainda com apresentação do maracatu nação Estrela Brilhante e a entrega dos certificados aos participantes da oficina artesanal de fotografia.

Confira aqui a programação completa

Serviço:
Exposição fotográfica – Olinda Patrimônio Cotidiano
Data:
12 de setembro de 2013.
Local: Sobrado do Imperador, Casa do Patrimônio – Iguarassu (PE)

Recife sedia a 2º Oficina sobre o Patrimônio Religioso

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Pernambuco (IPHAN-PE) promove a 2º Oficina sobre o Patrimônio Religioso no estado a partir das 9h do dia 20 de agosto na sede do instituto em Recife.

O evento é gratuito e aberto a todos os públicos. O objetivo é elaborar um documento propondo proteção e gestão do patrimônio religioso em Pernambuco. A oficina aborda também contextos históricos e socioculturais do período de ocupação do território pernambucano, pela perspectiva da religião.

A oficina pretende, ainda, resgatar e salvaguardar as dinâmicas sociais que envolvem o universo religioso e fornecer subsídios para o Plano de Preservação para o patrimônio religioso em Pernambuco. Com a proteção e a gestão do patrimônio religioso, outras gerações terão a oportunidade de conhecer e resgatar as dinâmicas sociais que envolvem o universo religioso do estado.

Serviço:
2º Oficina sobre Patrimônio religioso em Pernambuco
Data:
20 de agosto de 2013, às 9h
Local: IPHAN-PE
Rua Oliveira Lima, 824 – Boa Vista – Recife – PE
Informações: (81)3228-3011

Carlos Scliar é tema de oficina em Cabo Frio, no Rio de Janeiro

Carlos Scliar – “Paisagem XXXIII – Ouro Preto”

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Rio de Janeiro (IPHAN-RJ) na Região dos Lagos e a Universidade Estácio de Sá, em Cabo Frio, promovem na quarta-feira dia 26 de junho, às 16 horas, mais uma edição da Oficina de Estudos da Preservação Cabo Frio com a palestra Acervo Carlos Scliar – sua história e o projeto de preservação e memória. A palestra proferida por Regina Lamenza, bibliotecária e  presidente do Instituto Cultural Carlos Scliar, e Paulo Roberto Pinto de Aráujo, historiador pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-IFCS) apresentará aspectos da vida e obra do gravurista e pintor, evidenciando as características de sua arte e militância política. Com entrada franca, o evento também abordará sobre as bases do projeto Digitalização do acervo do Instituto Cultural Carlos Scliar, selecionado e patrocinado pelo Programa Petrobras Cultural em 2010 que chega agora ao final de sua primeira etapa, buscando dar continuidade à divulgação da obra do pintor e de seus ideais.

Serviço:
Palestra: Acervo Carlos Scliar – sua história e o projeto de preservação e memória
Data: 26 de junho de 2013
Horário: 16h
Local: Auditório da Universidade Estácio de Sá – Campus Cabo Frio, situado na Rodovia General Alfredo Bruno Gomes Martins s/nº – lote 19 – Bairro Braga – Cabo Frio/RJ
Contato: memoriadoslagos@gmail.com

Oficina em Pernambuco propõe proteção do patrimônio religioso

Na próxima segunda-feira dia 29 de abril acontece no Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional em Pernambuco (IPHAN-PE) uma Oficina sobre o Patrimônio Religioso no estado. O evento é gratuito e aberto a todos os públicos. O objetivo é elaborar um documento propondo proteção e gestão do patrimônio religioso em Pernambuco, buscando a história oral e abordando contextos históricos e socioculturais do período de ocupação do território pernambucano, pela perspectiva da religião.

Com a proteção e a gestão do patrimônio religioso, outras gerações terão a oportunidade de conhecer, resgatar e salvaguardar as dinâmicas sociais que envolvem o universo religioso do estado. A Oficina pretende ainda resgatar e salvaguardar as dinâmicas sociais que envolvem o universo religioso; preservar e divulgar os saberes e ofícios dos envolvidos na no contexto religioso; fornecer subsídios para ações de salvaguarda e para o Plano de Preservação para o patrimônio religioso em Pernambuco.

Veja o convite [Aqui]

Serviço
Oficina sobre Patrimônio religioso em Pernambuco
Data:
29 de abril de 2013, às 9h30
Local: IPHAN-PE
Rua Oliveira Lima, 824 – Boa Vista – Recife – PE
Informações: (81)3228-3011