MEC abre inscrições para o ProExt 2015

Programas e projetos de extensão universitária, propostos por universidades públicas, institutos federais de ciência e tecnologia, centros federais de educação tecnológica e instituições comunitárias poderão receber recursos de até R$ 300 mil para o seu desenvolvimento. É o que determina o edital 2015 do Programa Nacional de Extensão Universitária (ProExt), lançado no último dia 07 de fevereiro, pela Secretaria de Educação Superior (Sesu), do Ministério da Educação (MEC). O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) participa do edital desde 2009, com investimentos de R$ 17 milhões, somente na linha do Patrimônio Cultural.

O ProExt é uma ação interministerial, coordenada pelo MEC e desenvolvida em parceria com as instituições públicas de educação superior por meio de programas e projetos de extensão universitária. O programa conta atualmente com 18 parceiros institucionais. A novidade neste ano, é a inclusão, na linha temática de patrimônio, das ações de museologia social, em parceria com a Coordenação de Museologia Social do Ibram.

De acordo com o edital deste ano, podem participar do ProExt as universidades públicas federais, estaduais e municipais, os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, os centros federais de educação tecnológica e as instituições comunitárias.

Para a edição 2015, o edital define um aumento do valor dos recursos, que podem ser destinados a programas, com dois anos de duração (até R$ 300 mil), e a projetos, com duração de um ano (RS 100 mil). O edital de 2014 limitava os valores do último a R$ 50 mil e do primeiro a R$ 150 mil. O novo edital também permite a participação das instituições comunitárias, que não participavam nas edições anteriores.

As instituições estão abertas até o dia 28 de março de 2014 para encaminhar as propostas. As inscrições podem ser feitas na página do programa na internet.

VI Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco

A Secretaria de Cultura de Pernambuco e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, Prefeitura da Cidade do Recife e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Pernambuco – PPGA/UFPE convidam para a VI Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco, que acontecerá de 12 a 18 de agosto de 2013, nas cidades de Recife, Olinda e Igarassu.

A semana enfocará a compreensão do Patrimônio Cultural através de exposições, mesas-redondas, seminários, encontros, ações educativas e celebrações, elegendo como tema central: Patrimônio cultural e políticas públicas: (des)envolvimento e desafios.

Programação:

Balaio do Patrimônio debate politicas públicas em Belém

O Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional no Pará (IPHAN-PA) realizará, de 16 a 23 de agosto, o Balaio do Patrimônio – 2013, no auditório da instituição, em Belém. Com o objetivo de informar e fomentar o debate acerca das políticas públicas na área do patrimônio cultural, o evento também é parte integrante das comemorações do Dia Nacional do Patrimônio, celebrado em 17 de agosto.

O evento é destinado a gestores, técnicos, profissionais, professores e estudantes que atuam em áreas relacionadas ao patrimônio cultural. O Balaio do Patrimônio 2013 também é aberto a outras pessoas interessada nas temáticas abordadas.

A temática deste ano são as possibilidades e desafios na captação de recursos e realização de projetos. Serão apresentados tanto os meios para obtenção de recursos, como também alguns instrumentos de gestão e identificação de bens patrimoniais e ações que tenham sido efetivadas por meio do acesso a esses recursos públicos e privados de fomento à cultura.

O Balaio do Patrimônio 2013 será composto por palestras, mesas redondas e painel. A abertura abordará a Política Nacional de Preservação do Patrimônio Cultural e será proferida pela presidenta do IPHAN, Jurema Machado. As duas mesas terão como temas Iniciativas de Preservação e Salvaguarda do Patrimônio Cultural Paraense, apresentando os projetos vencedores da etapa estadual do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2012; e Educação e Patrimônio Cultural, onde serão apresentados projetos que utilizam o patrimônio cultural como instrumento para a educação formal e não formal, realizados, com e sem captação de recursos, em diferentes tipos de instituições e contextos no estado do Pará.

Serviço:
Balaio do Patrimônio – 2013
Data:
de 16 a 23 de agosto de 2013
Local: Auditório do IPHAN-PA – Av. José Malcher, nº 474, Nazaré –  Belém /PA